Nutritional aspects of the prevention and treatment of osteoporosis

Nutritional aspects of the prevention and treatment of osteoporosis

Título alternativo Aspectos nutricionais na prevenção e no tratamento da osteoporose
Autor Peters, Bárbara Santarosa Emo Autor UNIFESP Google Scholar
Martini, Lígia Araújo Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo Osteoporosis is a global health problem characterized by low bone mass and microarchitectural deterioration of bone tissue with a consequent increase in bone fragility and susceptibility to fracture. Nutrition plays a critical role in reducing the risk of osteoporosis through its effect on all of these fragility factors, especially on the development and maintenance of bone mass. An adequate calcium, vitamin D and protein intake resulted in reduced bone remodeling, better calcium retention, reduced age-related bone loss, and reduced fracture risk. Recent evidence indicates that a healthy dietary pattern including dairy products (mainly fat free), fruit and vegetables and adequate amounts of meat, fish and poultry is positively related to bone health. Furthermore, mineral and vitamin supplementation should be closely monitored by health professionals since it could have adverse effects and be insufficient to ensure optimal protection of bone health.

A osteoporose é um problema de saúde global, caracterizada por baixa massa óssea e deterioração da microarquitetura do tecido ósseo, com consequente aumento da fragilidade óssea e suscetibilidade a fraturas. A nutrição desempenha um papel fundamental na redução do risco de osteoporose por seu efeito sobre todos os fatores relacionados à fragilidade óssea, principalmente no desenvolvimento e na manutenção da massa óssea. Uma adequada ingestão de cálcio, vitamina D e proteína leva à redução da remodelação óssea, à maior retenção de cálcio, à redução da perda óssea relacionada à idade e à redução do risco de fraturas. Evidências recentes indicam que uma alimentação saudável, incluindo a ingestão de produtos lácteos (principalmente os desnatados), frutas e verduras, e uma quantidade adequada de carnes, peixes e aves, está relacionada positivamente com a saúde óssea. Além disso, a suplementação de vitaminas e minerais deve ser monitorada de perto, por profissionais de saúde, uma vez que pode ter efeitos adversos e ser insuficiente para assegurar uma eficaz proteção à saúde óssea.
Assunto Osteoporosis
bone mass
nutrition intake
calcium
vitamin D
protein
Osteoporose
massa óssea
ingestão alimentar
cálcio
vitamina D
proteína
Idioma Inglês
Data 2010-03-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 54, n. 2, p. 179-185, 2010.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 179-185
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302010000200014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302010000200014 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5652

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-27302010000200014.pdf
Tamanho: 442.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta