PRAME gene expression profile in medulloblastoma

PRAME gene expression profile in medulloblastoma

Título alternativo Perfil de expressão do gene PRAME em meduloblastoma
Autor Vulcani-Freitas, Tânia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Saba-silva, Nasjla Autor UNIFESP Google Scholar
Cappellano, Andréa Autor UNIFESP Google Scholar
Cavalheiro, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Toledo, Silvia Regina Caminada de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Medulloblastoma is the most common malignant tumors of central nervous system in the childhood. The treatment is severe, harmful and, thus, has a dismal prognosis. As PRAME is present in various cancers, including meduloblastoma, and has limited expression in normal tissues, this antigen can be an ideal vaccine target for tumor immunotherapy. In order to find a potential molecular target, we investigated PRAME expression in medulloblastoma fragments and we compare the results with the clinical features of each patient. Analysis of gene expression was performed by real-time quantitative PCR from 37 tumor samples. The Mann-Whitney test was used to analysis the relationship between gene expression and clinical characteristics. Kaplan-Meier curves were used to evaluate survival. PRAME was overexpressed in 84% samples. But no statistical association was found between clinical features and PRAME overexpression. Despite that PRAME gene could be a strong candidate for immunotherapy since it is highly expressed in medulloblastomas.

Meduloblastoma é o tumor maligno mais comum em sistema nervoso central na infância. O tratamento é agressivo e o prognóstico é restrito. Como PRAME está presente em vários tumores, incluindo meduloblastoma, e possui baixa expressão em tecidos normais, este antígeno pode ser ideal na imunoterapia. A fim de encontrar um potencial alvo molecular, investigamos a expressão PRAME em fragmentos de meduloblastoma e comparamos os resultados com as características clínicas de cada paciente. Análise da expressão do gene foi realizada por PCR real-time quantitativo em 37 amostras de tumor. O teste de Mann-Whitney foi utilizado para análise da relação entre a expressão do gene e características clínicas e teste de Kaplan-Meier para avaliar a sobrevida. PRAME teve superexpresssão em 84% amostras, mas não houve nenhuma relação estatística entre as características clínicas e superexpressão de PRAME. Apesar disso, o gene PRAME poderia ser um forte candidato para a imunoterapia, pois é altamente expresso em meduloblastomas.
Assunto PRAME
gene expression
medulloblastoma
immunotherapy
PRAME
expressão gênica
meduloblastoma
imunoterapia
Idioma Inglês
Data 2011-02-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 69, n. 1, p. 9-12, 2011.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 9-12
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2011000100003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2011000100003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6321

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X2011000100003.pdf
Tamanho: 221.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta