Histomorfometria da mama de ratas tratadas com estrogênio e/ou progestagênio

Histomorfometria da mama de ratas tratadas com estrogênio e/ou progestagênio

Título alternativo Breast histomorphometry of rats treated with estrogen and/or progestogen
Autor Torres, Sueli Maria Preda dos Santos Google Scholar
Simões, Ricardo Santos Google Scholar
Baracat, Maria Cândida Pinheiro Autor UNIFESP Google Scholar
Gomes, Regina Célia Teixeira Autor UNIFESP Google Scholar
Soares Júnior, José Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Carbonel, Adriana Aparecida Ferraz Autor UNIFESP Google Scholar
Baracat, Edmund Chada Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Centro Universitário Lusíada - UNILUS
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the breast histomorphometric changes in rats treated with estrogen and/or progestogen for a short period of time. METHODS: Forty oophorectomized rats were divided into four groups: GC, vehicle; GE, treated with estradiol benzoate (37.6 mg/animal); GP, treated with medroxyprogesterone acetate (11.2 mg/animal) and GEP, treated with estradiol benzoate (37.6 mg/animal) plus medroxyprogesterone acetate (11.28 mg/animal). In GE group, estradiol was administered subcutaneously for seven days; in GEP group, estradiol was administered once in a day for the first seven days and the progestogen over the next 23 days both subcutaneously. Twenty-four hours after the last hormone administration, the animals were killed upon deep anesthesia and the first inguinal breasts were removed, fixed in 10% formaldehyde and processed to be included in paraffin, with the sections being stained by hematoxylin-eosin. Morphology and the area occupied by mammary parenchyma were assessed, with the data undergoing analysis of variance followed by the Kruskal-Wallis test (p < 0.05). RESULTS: The control group breasts were found atrophic and, in GE and GEP group animals, typical alveoli with secretion inside are present; in progestogen-treated animals (GP), alveoli formed by large cells occupying almost the entire alveolar lumen are noted. Morphometric analysis showed a larger mammary parenchyma area in hormone-treated animals (GE = GP > GEP > GC; p < 0.05). CONCLUSION: Estradiol and progestogen had a proliferative effect on mammary parenchyma. However, prior estradiol administration changes the progestogen action on rat mammary tissue.

OBJETIVO: Avaliar as alterações histomorfométricas nas mamas de ratas tratadas com estrogênio e/ou progestagênio por curto período de tempo. MÉTODOS: Foram divididas em quatro grupos 40 ratas ooforectomizadas: GC-recebeu veículo; GE-recebeu benzoato de estradiol (37,6 µg/animal); GP-recebeu acetato de medroxiprogesterona (11,28 mg/animal) e, GEP-recebeu benzoato de estradiol (37,6 µg/animal) e acetato de medroxiprogesterona (11,28 mg/animal). No grupo GE, o estradiol foi administrado durante sete dias, por via subcutânea. Já no grupo EP o estradiol foi administrado nos primeiros sete dias e o progestagênio por mais 23 dias, por via subcutânea. Vinte e quatro horas após a última administração dos hormônios, os animais foram anestesiados e o primeiro par de mamas inguinais removido, imerso em formaldeído a 10% e processado para inclusão em parafina, sendo os cortes corados pela Hematoxilina-Eosina. Foram avaliadas a morfologia e a área ocupada pelo parênquima mamário, sendo os dados submetidos à análise de variância complementado pelo teste de Kruskal-Wallis (p < 0,05). RESULTADOS: As mamas no grupo-controle apresentaram-se atrofiadas, sendo que, nos animais dos grupos GE e GEP, nota-se a presença de alvéolos típicos contendo secreção no seu interior, já nos animais tratados somente com progestagênio (GP) notam-se alvéolos formados por células volumosas que ocupam praticamente todo o lúmen alveolar. A morfometria mostrou haver maior área de parênquima mamário nos animais tratados com hormônios (GE = GP > GEP > GC; p < 0,05) CONCLUSÃO: O estradiol e o progestagênio apresentaram efeito proliferativo no parênquima mamário. No entanto, a administração prévia de estradiol modifica a ação do progestagênio no tecido mamário da rata.
Assunto Breast
rats
estradiol
medroxyprogesterone 17-acetate
hormone replacement therapy
Mama
ratos
estradiol
17-Acetato de medroxiprogesterona
terapia de reposição hormonal
Idioma Português
Data 2011-04-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 57, n. 2, p. 177-181, 2011.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Médica Brasileira
Extensão 177-181
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302011000200015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42302011000200015 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6433

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-42302011000200015.pdf
Tamanho: 484.7Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta