Débito cardíaco e fração de ejeção fetal por meio do spatio-temporal image correlation (STIC): comparação entre fetos masculinos e femininos

Débito cardíaco e fração de ejeção fetal por meio do spatio-temporal image correlation (STIC): comparação entre fetos masculinos e femininos

Título alternativo Fetal cardiac output and ejection fraction by spatio-temporal image correlation (STIC): comparison between male and female fetuses
Autor Simioni, Christiane Autor UNIFESP Google Scholar
Araujo Júnior, Edward Autor UNIFESP Google Scholar
Martins, Wellington P. Google Scholar
Rolo, Liliam Cristine Autor UNIFESP Google Scholar
Rocha, Luciane Alves da Autor UNIFESP Google Scholar
Nardozza, Luciano Marcondes Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Moron, Antonio Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo OBJECTIVE: To compare the cardiac output (CO) and ejection fraction (EF) of the heart of male and female fetuses obtained by 3D-ultrasonography using spatio-temporal image correlation (STIC). METHODS: We conducted a cross-sectional study with 216 normal fetuses, between 20 and 34 weeks of gestation, 108 male and 108 female. Ventricular volumes at the end of systole and diastole were obtained by STIC, and the volumetric assessments performed by the virtual organ computer-aided analysis (VOCAL) rotated 30º. To calculate the DC used the formula: DC = stroke volume / fetal heart rate, while for the FE used the formula: EF = stroke volume / end-diastolic volume. The DC (combined male and female) and EF (male and female) were compared using the unpaired t test and ANCOVA. Scatter plots were created with the percentiles 5, 50 and 95. RESULTS: The average of DC combined, DC left, DC right, FE right and FE left, male and female were 240.07 mL/min, 122.67 mL/min, 123.40 mL/min, 72.84%, 67.22%, 270.56 mL/ min, 139.22 mL/min, 131.34 mL/min, 70.73% and 64.76% respectively, without statistical difference (P> 0.05). CONCLUSIONS: The fetal CO and EF obtained by 3Dultrasonography (STIC) showed no significant difference in relation to gender.

OBJETIVO: Comparar do débito cardíaco (DC) e a fração de ejeção (FE) do coração de fetos masculinos e femininos obtidos por meio da ultrassonografia tridimensional, utilizando o spatio-temporal image correlation (STIC). MÉTODOS: Realizou-se um estudo de corte transversal com 216 fetos normais, entre 20 a 34 semanas de gestação, sendo 108 masculinos e 108 femininos. Os volumes ventriculares no final da sístole e diástole foram obtidos por meio do STIC, sendo as avaliações volumétricas realizadas pelo virtual organ computer-aided analysis (VOCAL) com rotação de 30º. Para o cálculo do DC utilizou-se a fórmula: DC= volume sistólico/frequência cardíaca fetal, enquanto que para a FE utilizou-se a fórmula: FE= volume sistólico/volume diastólico final. O DC (combinado, feminino e masculino) e a FE (masculina e feminina) foram comparadas utilizando-se o teste t não pareado e ANCOVA. Foram criados gráficos de dispersão com os percentis 5, 50 e 95. RESULTADOS: A média do DC combinado, DC direito, DC esquerdo, FE direita e FE esquerda, para feminino e masculino, foram 240,07 mL/min; 122,67 mL/min; 123,40 mL/min; 72,84%; 67,22%; 270,56 mL/min; 139,22 mL/min; 131,34 mL/min; 70,73% e 64,76%, respectivamente; sem diferença estatística (P> 0,05). CONCLUSÕES: O DC e a FE fetal obtidos por meio da ultrassonografia tridimensional (STIC) não apresentaram diferença significativa em relação ao gênero.
Assunto Fetal heart
Cardiac output
Cardiac volume
Echocardiography, three-dimensional
Heart rate
Coração fetal
Débito cardíaco
Ecocardiografia tridimensional
Frequência cardíaca
Idioma Português
Data 2012-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 27, n. 2, p. 275-282, 2012.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 275-282
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20120058
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000307922100016
SciELO S0102-76382012000200016 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7180

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-76382012000200016.pdf
Tamanho: 115.7Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta