Correlação entre a resistência nasal e diferentes parâmetros da rinometria acústica em crianças e adolescentes com e sem rinite alérgica

Correlação entre a resistência nasal e diferentes parâmetros da rinometria acústica em crianças e adolescentes com e sem rinite alérgica

Título alternativo Correlation between nasal resistance and different acoustic rhinometry parameters in children and adolescents with and without allergic rhinitis
Autor Wandalsen, Gustavo Falbo Autor UNIFESP Google Scholar
Mendes, Aline Inês Autor UNIFESP Google Scholar
Solé, Dirceu Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Acoustic rhinometry and rhinomanometry are important tests used to assess nasal function. The degree to which the parameters of these tests are correlated is yet to be established. OBJECTIVE: This paper aimed to study the correlations between nasal resistance (NR) and acoustic rhinometry parameters in children and adolescents with allergic rhinitis and controls. METHOD: Twenty patients with allergic rhinitis and 20 controls were enrolled. NR, volumes (V4, V5, V2-5), and minimal cross-sectional areas (MC1, MC2) were measured in three moments: baseline, after induction of nasal obstruction and after topical decongestant administration. RESULTS: Patients with allergic rhinitis had significant correlation between NR and all volumes (V5: r = -0.60) and with MC2. Among controls, MC1 was the parameter with the strongest correlation with NR at baseline (r = -0.53) and after decongestant administration. In the combined analysis, V5 had the highest correlation coefficients at baseline (r = -0.53), after obstruction (r = -0.58) and after decongestant (r = -0.46). CONCLUSIONS: Our data showed that NR and acoustic rhinometry parameters have negative and significant correlations. Nasal volumes are, in general, better correlated than minimal cross-sectional areas. V5 was the parameter with the highest correlation in the rhinitis group and in the combined analysis.

Rinometria acústica e rinomanometria são importantes técnicas de avaliação da função nasal. Ainda não está definido em que extensão suas variáveis se correlacionam. OBJETIVO: Avaliar as relações entre a resistência nasal (RN) e parâmetros da rinometria acústica em crianças e adolescentes com rinite alérgica e controles. MÉTODO: Vinte pacientes com rinite alérgica e 20 controles foram avaliados. RN, volumes (V4, V5, V2-5) e menores áreas transversais (MC1, MC2) foram mensurados em três momentos: basal, após indução de obstrução nasal e após descongestionante tópico. RESULTADOS: No grupo rinite, a RN se correlacionou significantemente com todos os volumes (V5: r = -0,60) e com MC2. Nos controles, MC1 foi o parâmetro com melhor correlação com a RN no momento basal (r = -0,53) e após descongestionante. Na análise conjunta dos dados, V5 foi o que apresentou as melhores correlações, no momento basal (r = -0,53), quando obstruído (r = -0,58) e após descongestionante (r = -0,46). CONCLUSÕES: Nossos dados demonstram haver correlação negativa e significante entre os valores de rinometria acústica e RN. Em geral, os volumes apresentaram melhor correlação com a RN do que as menores áreas transversais. V5 foi a variável com melhor correlação no grupo com rinite alérgica e na análise conjunta.
Assunto nasal obstruction
rhinitis
rhinomanometry
rhinometry
acoustic
obstrução nasal
rinite
rinomanometria
rinometria acústica
Idioma Português
Data 2012-12-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 78, n. 6, p. 81-86, 2012.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 81-86
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20120038
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000313147000014
SciELO S1808-86942012000600014 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7491

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1808-86942012000600014.pdf
Tamanho: 278.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta