A evolução da cirurgia endoscópica no tratamento do papiloma invertido

A evolução da cirurgia endoscópica no tratamento do papiloma invertido

Título alternativo Evolution of endoscopic surgery in the treatment of inverted papilloma
Autor Caparroz, Fábio de Azevedo Autor UNIFESP Google Scholar
Gregório, Luciano Lobato Autor UNIFESP Google Scholar
Kosugi, Eduardo Macoto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Inverted papilloma (IP) has several treatment avenues. The endoscopic approach in the last decade has proven to be a good option over the traditional approach. OBJECTIVE: Describe the epidemiological profile of patients with inverted Papilloma, describe our experience on managing this tumor and compare our data with the literature. Study Design: Cross-sectional, historical cohort. METHOD: Retrospective study of medical records of 17 patients treated for histopathologicallyconfirmed inverted papilloma between 2005 and 2011. We assessed patients age, gender, tumor side, symptoms, diagnosis, comorbidities and habits, Krouse staging, surgical approach, intraoperative and postoperative, and malignant postoperative recurrence and also the correlation between recurrence with preoperative staging, the surgical approach used, and the presence of malignancy. RESULTS: Five (29.41%) patients were classified as Krouse stage T2, 9 (52.94%) as T3 and 3 (17.65%) as T4. Three (17.65%) patients had malignancy and the recurrence rate was 23.5% (4 pacients). Eleven patients (64.70%) underwent endoscopic approach, 3 (17.6%) the combined aprroach (endoscopic assisted) and 3 (17.6%) external approach. CONCLUSION: The endoscopic approach is currently becoming a method not only effective but also safe for the treatment of more advanced stages of IP.

O papiloma invertido (PI) apresenta diversos tipos de tratamento cirúrgico. A abordagem endoscópica exclusiva tem se mostrado na última década como boa opção em relação à abordagem externa. OBJETIVO: Descrever a amostra dos pacientes com diagnóstico de papiloma invertido, mostrar a experiência do serviço no manejo do tumor e comparar os dados com os da literatura. Forma do Estudo: Estudo de coorte histórica com corte transversal. MÉTODO: Estudo retrospectivo dos prontuários de 17 pacientes operados em um serviço de Rinologia entre 2005 e 2011. Foram avaliados perfil epidemiológico, estadiamento de Krouse, via de acesso cirúrgico, malignização e recorrência pós-operatória e a correlação entre recidivas e estadiamento pré-operatório, via de acesso cirúrgico e malignização. RESULTADOS: Cinco (29,41%) dos pacientes foram classificados como estádio T2 de Krouse, nove (52,94%) como T3 e três (17,65%) como T4. Três (17,65%) pacientes apresentaram malignização e quatro (23,5%) recidiva. Onze pacientes (64,70%) foram submetidos à via endoscópica exclusiva, três (17,6%)à via combinada e três (17,6%) à via aberta. CONCLUSÃO: O acesso endoscópico exclusivo atualmente é um método não só eficaz como também seguro para o tratamento dos estádios mais avançados do PI.
Assunto endoscopic sinus surgery
papilloma, inverted
paranasal sinus neoplasms
cirurgia endoscópica endonasal
neoplasias dos seios paranasais
papiloma, invertido
Idioma Português
Data 2013-02-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 79, n. 1, p. 13-17, 2013.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 13-17
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20130003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000315660800003
SciELO S1808-86942013000100003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7600

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1808-86942013000100003.pdf
Tamanho: 164.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta